INÍCIO     QUEM SOMOS     GALERIA DE FOTOS    NOTÍCIAS    VÍDEOS GERAL    VÍDEOS SAÚDE    VÍDEOS FLASH BACKS    CONTATO
DESTAQUE PRINCIPAL

Saiba por que dores de cabeça são mais frequentes no verão

 

Maior exposição ao sol pode causar dores de cabeça durante o verão

Maior exposição ao sol pode causar dores de cabeça durante o verão

FREEPIK

As altas temperaturas e maior incidência de luminosidade por causa do sol podem contribuir para aumentar as dores de cabeça durante o verão e piorar os quadros de enxaqueca de quem já sofre com o problema, segundo a neurocirurgiã Tatiana Vilasboas, do Hospital San Gennaro, em São Paulo.

A desidratação causada pelo calor e pela ingestão insuficiente de água pode provocar uma alteração da bomba de sódio e potássio, um gatilho para dores, conforme explica a especialista. “Quando essa alteração acontece, há um distúrbio metabólico, um influxo e um refluxo de cálcio e potássio no organismo que desencadeia as dores de cabeça”. 

Além disso, os passeios ao ar livre e mais tempo de exposição aos horários de pico do sol também contribuem para a cefaleia, termo médico para dor de cabeça. Combinado a isso, a especialista destaca que durante o verão as pessoas saem mais, dormem menos e consomem uma quantidade maior de bebidas alcóolicas.

“A luminosidade em excesso e a privação de sono também são fatores que aumentam a cefaleia, assim como uma alimentação inadequada, com excesso de açúcar, cafeína e acidulantes. Até mesmo passar longos períodos em jejum, o que pode levar a hipoglicemia, também gera dor de cabeça”, explica Tatiana.

Como evitar as dores de cabeça

Para evitar as dores, a especialista destaca a importância de beber água e manter uma boa hidratação durante o dia. Também é essencial apostar em uma alimentação saudável, rica em verduras, hortaliças e frutas, moderando o consumo de bebidas alcóolicas.

“É fundamental manter a prática regular de exercícios físicos, mas evitar as atividades que sejam feitas no período de maior incidência solar, por volta das das dez da manhã até às três horas da tarde, sempre bom preferir o início da manhã e final da tarde, além de manter uma rotina de sono adequada”, recomenda a neurocirurgiã.

Dor de cabeça não é tudo igual

Apesar de a incidência de dores de cabeça aumentar durante a estação mais quente do ano, a médica destaca que nem todas ocorrem por causa do clima. Desta forma, é importante se atentar a alguns sinais de que o desconforto pode ser causado por um problema maior.

Segundo Tatiana, a cefaleia de início súbito com forte intensidade pode não ser apenas uma enxaqueca, mas o sinal de um aneurisma. Ou, por exemplo, uma dor de cabeça que se torna diária, com um aumento de intensidade, pode representar a presença de um tumor cerebral.

 

 

 

“É muito importante saber os sinais de alerta da dor de cabeça, porque às vezes não pode simplesmente tomar um analgésico, é importante procurar um médico para investigar outras causas e o diagnóstico precoce é fundamental para o sucesso do tratamento”, alerta a especialista.

 

 

Fonte: (R7)

Maior exposição ao sol pode causar dores de cabeça durante o verão

Maior exposição ao sol pode causar dores de cabeça durante o verão

FREEPIK

As altas temperaturas e maior incidência de luminosidade por causa do sol podem contribuir para aumentar as dores de cabeça durante o verão e piorar os quadros de enxaqueca de quem já sofre com o problema, segundo a neurocirurgiã Tatiana Vilasboas, do Hospital San Gennaro, em São Paulo.

A desidratação causada pelo calor e pela ingestão insuficiente de água pode provocar uma alteração da bomba de sódio e potássio, um gatilho para dores, conforme explica a especialista. “Quando essa alteração acontece, há um distúrbio metabólico, um influxo e um refluxo de cálcio e potássio no organismo que desencadeia as dores de cabeça”. 


 

E-mail: contato@saudeeestilo.com.br / Whatsapp: (31) 99739-8400

© Saúde e Estilo 2022. Todos os direitos reservados. Webmail