INÍCIO     QUEM SOMOS     GALERIA DE FOTOS    NOTÍCIAS    VÍDEOS GERAL    VÍDEOS SAÚDE    VÍDEOS FLASH BACKS    CONTATO
DESTAQUE PRINCIPAL

Vacina chinesa contra Covid é segura e produz anticorpos em 97% dos casos, diz revista britânica

A CoronaVac, vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac contra a Covid-19, é segura e capaz de oferecer resposta imune dentro de 28 dias em 97% dos casos. Essa é a conclusão de um estudo publicado pela revista científica britânica Lancet nessa terça-feira (17).

De acordo com o artigo, o imunizante - que usa o vírus Sars-CoV-2 inativado - induziu a produção de anticorpos em mais de 700 indivíduos saudáveis, que participaram da pesquisa na China e têm idades entre 18 e 59 anos.

Conforme a pesquisa, essa resposta imunológica aconteceu dentro de 28 dias após a primeira dose da vacina. Por essa razão, seria necessária uma segunda aplicação após 14 dias.

Além disso, o estudo apontou que os efeitos colaterais que surgiram, como dor no local da aplicação, foram considerados leves e sumiram em até 48 horas.

CoronaVac

No Brasil, 13 mil voluntários participam dos estudos de desenvolvimento da vacina contra a Covid-19. Em Minas Gerais, a pesquisa é coordenada pela UFMG.

Na terça-feira passada (10), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu os estudos com a vacina por causa de um "evento adverso grave" ocorrido em 29 de outubro. O evento seria a morte de um dos voluntários.

No dia seguinte, a agência autorizou a retomada da pesquisa. Na ocasião, a Anvisa informou que a volta dos estudos se deu após uma avaliação de novos dados apresentados sobre o caso. Na ocasião, um lado do IML esclareceu que a morte do voluntário havia ocorrido por suicídio.

 

 

Fonte: (Hoje em Dia)


 

E-mail: contato@saudeeestilo.com.br / Whatsapp: (31) 99739-8400

© Saúde e Estilo 2020. Todos os direitos reservados. Webmail